phone azul bebe (21)2567-3730       (21)2284-8883        (21)99436-3851 whatsapp icon

Troca de OleoA troca de óleo pode parecer simples, mas é fundamental para a vida útil do motor. 

O óleo do motor tem como função lubrificar e reduzir a um mínimo o atrito e o calor gerado pelo motor, para manter a temperatura de suas partes móveis dentro dos limites toleráveis e evitar desgastes prematuros.

Com o funcionamento do motor o óleo se contamina e perde sua eficiência, o que pode comprometer a vida útil do motor. Sendo assim o óleo deve ser trocado periodicamente de acordo com as indicações no manual do fabricante do veículo, para que não ocorram falhas no sistema de lubrificação. Além disso, o nível do óleo deve ser verificado a cada 1 mil quilômetros rodados e antes de viagens longas.

Os prazos de troca sempre geram dúvidas, e uma lubrificação deficiente é capaz de causar danos que vão da redução de desempenho e aumento do consumo de combustível até o famoso “motor fundido”, cujo conserto pode custar até metade do valor do automóvel.

Para evitar prejuízos, confira tudo que você precisa saber sobre troca de óleo do motor e aumente a vida útil do seu carro:

Mineral x Sintético

Como os óleos sintéticos têm custo elevado, o usuário costuma optar pelos lubrificantes minerais. Entretanto, os sintéticos são considerados pelos especialistas como a melhor opção.

Esses produtos proporcionam benefícios de longo prazo, como economia de combustível, partidas mais rápidas, redução do desgaste e aumento da vida útil do motor.

Use sempre o óleo certo

Engana-se quem pensa que não tem problema colocar qualquer óleo no motor do carro. Quando precisar trocar, utilize o óleo específico indicado no manual do proprietário – as fábricas investem meses em pesquisas para saber qual o lubrificante mais recomendado para cada motor.

Se tiver que completar o nível com óleo de outra marca, certifique-se de que eles têm a mesma especificação, com composição e viscosidade compatíveis. O que não se pode fazer de maneira nenhuma e misturar mineral com sintético.

Com ou sem aditivo?

A maioria das montadoras não recomendam usar aditivos no óleo, até porque, segundo os fabricantes, o óleo já vem com cum pacote de aditivo balanceado. Assim, acrescentar outro aditivo poderia comprometer a vida útil do motor. O motorista também corre o risco de perder a garantia se utilizar aditivos em carros novos. Para saber se a sua montadora autoriza ou não, consulte o manual do veículo.

Não se esqueça do filtro

Não adianta nada trocar o óleo e manter o mesmo filtro. Cada veículo tem uma especificação, mas, geralmente, a indicação é substituir os dois juntos; afinal, o filtro impede a circulação de impurezas no motor. Manter o filtro pode comprometer outras peças que têm custo elevado quando comparadas à economia de economizar no filtro. Portanto, troque o filtro para garantir que o motor não fique impregnado por impurezas e gere um prejuízo maior.

Definindo o nível

O nível correto do óleo é entre o mínimo e o máximo da vareta. Ao contrário do que diz o senso comum, o nível não precisa estar no máximo, e sim em qualquer estágio entre as marcas. Não coloque óleo acima do nível recomendado, ou o motor poderá ter vazamentos.

Motor frio para medir e quente para trocar

Outra dica importante é medir o óleo com o motor do carro frio, de preferência após 10 minutos de desligado. Quando o motor está quente, o óleo ainda não desceu todo para o reservatório, podendo dar a impressão de que o nível está mais baixo.

Já para trocar o óleo, o ideal é que o motor esteja quente. Dessa forma, o óleo ficará mais fino e, consequentemente, escorrerá com mais facilidade.

Óleo também fica velho

Se o motorista rodar pouco e não atingir a quilometragem estipulada para a troca, deve substituir o lubrificante após seis meses. Após esse prazo, o produto fica velho e pode danificar a bomba de óleo, responsável por manter em dia a lubrificação do veículo.

Baixar é normal

O óleo baixa mesmo que o motor esteja em boas condições. Segundo as montadoras, é normal baixar entre meio litro e um litro de óleo a cada mil quilômetros rodados, dependendo do modelo. Daí a importância de completar o óleo entre as trocas.


Big Alinhamento - Multimarcas de Pneus
Av. Maracanã 676 - Tijuca - Rio de Janeiro